Peixes em Fukushima têm radiação até 380 vezes acima do limite

Fonte: Portal IG

A Tepco, operadora da central de Fukushima, epicentro da crise nuclear no Japão, detectou peixes com um nível de césio radioativo até 380 vezes maior que o limite permitido para consumo, informou nesta quarta-feira (22) a TV NHK.

A empresa detectou um pescado de rocha com 38 mil becquerel de césio radioativo por quilo, o maior índice de contaminação informado até o momento. A amostra foi recolhida em 1º de agosto em águas de Minamisoma, cidade que se encontra a 25 quilômetros da usina nuclear.

A Tepco detalhou que também encontrou índices superiores aos permitidos em outras nove amostras de peixes e mariscos, detalhou a NHK.

Leia mais…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Conservação e Proteção Ambiental, Notícias, Oceanografia Biológica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s